JORNALISMO DE DADOS

Por JC em Jan 19, 2012

O MediaLab Prado disponibilizou um fantástico conjunto de vídeos sobre o seu mais recente workshop: pesquisa de dados na Internet. Com os devidos créditos, aqui ficam três apresentações de alguns dos melhores especialistas na área:

CONVERTER DADOS EM FORMATOS REUTILIZÁVEIS (David Cabo)

SCRAPING USANDO O NEEDLEBASE (Sérgio Álvarez)

COMPILAR DADOS NAS REDES SOCIAIS (Carlos Sánchez – The Data Republic)


SMARTPHONES PARA ESTUDANTES DE JORNALISMO

Por JC em Nov 20, 2010

Quando os estudantes de jornalismo chegam às disciplinas práticas do curso, a tendência é quererem comprar todo o tipo de equipamentos para não dependerem dos escassos exemplares oferecidos pelas escolas. Ainda ontem um pai de uma aluna me dizia que a filha lhe tinha pedido um gravador de mp3 para as aulas de jornalismo radiofónico, mas o aparelho era caro e queria saber até que ponto era fundamental. Respondi-lhe o habitual: o Natal está à porta, compra-lhe um bom smartphone que combine a sua função inicial (telefonar), com as possibilidades de aceder à Internet, fotografar, filmar e gravar vídeo. Eis um exemplo do que se pode fazer com um equipamento deste género: Radio reporter covers D.C. with an iPhone only

Aqui ficam algumas dicas para os estudantes que esperam receber um smartphone neste Natal.
1. How To Capture High Quality Video on Your Mobile Phone
2. Ten ways to make your photos better
3. Smart phones = mobile, real-time news production
4. 5 Essential Tools for the Mobile Journalism


FORMAÇÃO SUPERIOR DE JORNALISTAS

Por JC em Mar 29, 2010

A propósito do Congresso sobre Rádio, e num resumo do que foi dito na mesa “A convergência multimédia como um desafio técnico e humano”, Luís Bonixe escreve o seguinte: “o jornalista multifunções não existe. Em determinados momentos e perante determinados acontecimentos jornalísticos, é normal que um jornalista recolha sons, imagens (vídeo e fotografia), escreva no blogue e actualize o twitter. Mas essas serão as excepções”.
Não é a primeira vez que ouço este tipo de afirmações, mas continuo a dizer que discordo desta visão. Lembra-me o tempo em que o uso do computador pelos jornalistas também era uma excepção, em que pesquisar na Internet era igualmente singular ou quando tirar fotografias era coisa exclusiva de fotojornalista.
Como tenho vindo a dizer, o jornalista do futuro é multimédia, multitarefa e multiplataforma, pelo que as escolas de jornalismo devem criar um ambiente de formação que permita aos seus estudantes uma plena integração no novo ecossistema mediático. Para isso é necessário aproximar a investigação do ensino, testar novos modelos de comunicação e incentivar os alunos a participarem em projectos extracurriculares.
Foi este o caminho que escolhemos para os alunos de Jornalismo da UBI. Se, como dizem, o “jornalista multifunções” é uma excepção, então os nossos alunos são excepcionais. E ainda bem.


QUERO SER JORNALISTA

Por JC em Jun 27, 2009

No final de cada ano lectivo, o mercado é invadido por milhares de recém-licenciados. Encontrar um emprego é complicado, mas desistir não é opção, e ficar parado também não. Aqui ficam 30 actividades que os jovens jornalistas podem desenvolver enquanto aguardam por um lugar numa redacção.


INFOGRAFIAS 2009

Por JC em Jun 13, 2009

O URBI está a publicar alguns trabalhos produzidos na disciplina de Infografia Multimédia para Jornalistas. Começamos com um trabalho feito a propósito das recentes eleições europeias.


APESAR DA CRISE NO SECTOR …

Por JC em Jun 6, 2009

… aqui ficam 40 razões para ainda valer a pena estudar Jornalismo.

1. We need journalism.
2. As a society, we need good journalism.
3. We need good journalists.
4. We need journalism’s spirit.
5. We need the next generation’s talent.
6. Journalism teaches you to be a writer, and a good one.
7. Journalism teaches you to be a talker, and a good one.
8. Journalism teaches you to defend your stance, your writing and your character.
9. Journalism teaches you ethics.
10. Journalism teaches you to learn on the fly
11. Journalism teaches you how to ask questions, including the tough ones.
12. Journalism makes you look at situations, problems and issues from multiple perspectives.
13. Journalism teaches you to be a good networker.
14. Journalism teaches you to be a good researcher.
15. Journalism teaches you confidence.
16. The world becomes a smaller place.
17. Journalism clues you into newsworthiness.
18. There are cutting-edge and exciting projects developing.
19. You can explore your creativity.
20. There are plenty of stories still needing to be told.
21. It’s historic.
22. People in journalism are diverse, eclectic and interesting.
23. Gives you an excuse to talk to someone in the know.
24. You grow broad shoulders.
25. Make the right decision the first time.
26. You can reach more people than ever.
27. You can be you.
28. It’s easier to freelance.
29. There are internships galore that you can start doing now.
30. There are top-notch universities with amazing learning labs.
31. Inside information is easier to attain.
32. It’s less costly to do.
33. You mom will be proud.
34. You will know how to mediate a conversation.
35. You will learn how to multi-task.
36. You can make a difference.
37. You will learn tangible skills.
38. You can pursue graduate education.
39. It changes everyday.
40. Twitter tweeps agree that studying journalism is invaluable.

Lido no Ponto Media


BOLSAS SANTANDER

Por JC em Mai 28, 2009

Termina no próximo dia 12 de Junho o prazo de candidaturas às Bolsas Luso-Brasileiras Santander.
No ano lectivo 2009/2010, a UBI disponibiliza 12 vagas para alunos de licenciatura ou mestrado que pretendam estudar um semestre numa das 16 universidades brasileiras envolvidas no projecto. A bolsa oferecida é de 2300€, sendo integralmente suportada pelo banco Santander Totta. Mais informações aqui.


JORNALISMO: MODELOS DE NEGÓCIO

Por JC em Mai 20, 2009

David Shedden faz aqui uma interessante compilação de artigos onde se abordam diferentes alternativas de viabilização para a imprensa escrita.


MESTRADO EM JORNALISMO

Por JC em Mai 14, 2009

O plano de estudos do Mestrado em Jornalismo da UBI foi alterado. Algumas mudanças resultam de sugestões e críticas fundamentadas dos nossos alunos.


ENSINO E MERCADO

Por JC em Abr 30, 2009

Mark Briggs, o pai da expressão Jornalismo 2.0, salienta aqui as vantagens de uma aproximação das empresas de comunicação às escolas de jornalismo. Estou completamente de acordo e já o disse várias vezes.