►Webjornalismo

ANO LECTIVO 2017/18

OBJECTIVOS DA DISCIPLINA:
Contextualizar a emergência do webjornalismo no ecossistema mediático. Analisar o seu impacto nos campos profissional, tecnológico e económico. Dotar o aluno de competências que lhe permitam efetuar a conceção e manutenção de um espaço informativo online, utilizando os recursos da Web e uma linguagem adequada às características do meio e dos suportes.

PROGRAMA
1.A Internet: funcionamento, evolução e crescimento. A Web como meio de comunicação.
2. Jornalismo na web: Definição, origem e evolução. Características do jornalismo na web.
3. Rotinas de produção no Webjornalismo: técnicas e ferramentas
4. Os géneros jornalísticos na web: adaptações e novas linguagens
5. Jornalismo e mobilidade: Evolução, crescimento e impactos sociais dos dispositivos móveis. Alterações na produção, na distribuição e no consumo.

SLIDES DE APOIO

BLOCO 1

BLOCO 2

BLOCO 3

BLOCO 4

BLOCO 5

BLOCO 6

AVALIAÇÃO:
1. Dado o carácter teórico-prático da disciplina, os alunos são aconselhados a estar presentes em 80% das aulas ministradas.
2. A avaliação é composta por três fatores:
a) Teste de avaliação teórico-prático: 40% – individual
b) Notícias (quatro por aluno, duas das quais multimédia): 30% – grupos de dois, sem repetição
c) Reportagem/Entrevista: 15% – grupos de 4
d) Trabalho “O futuro do jornalismo”: 15% (grupos de dois)
3. Só é possível entregar uma notícia por semana
4. A nota final dos alunos que se apresentem a exame será calculada com base nos critérios definidos no ponto 2, substituindo-se a nota do teste pela nota do exame.

HORÁRIO DE ATENDIMENTO: 2ª feira, 12-13h30 (Gabinete)

BIBLIOGRAFIA:
Aguado, J.M., Feijóo, C & Martínesz, I. J. (2013). La comunicación Móvil: hacia un nuevo ecosistema digital. Barcelona: Gedisa
Bastos, H. (2011). Origens e evolução do Ciberjornalismo em Portugal. Ed. Afrontamento: Porto.
Barbosa, S. (org) (2007) Jornalismo Digital de Terceira Geração. Livros Labcom.
Barbosa, S. & Mielniczuk, L. (2013). Jornalismo e Tecnologias móveis. Livros Labcom.
Canavilhas, J. (2014). Webjornalismo: 7 caraterísticas que marcam a diferença. Livros Labcom.
Canavilhas, J. (org) (2013). Notícias e Mobilidade. Covilhã: Livros Labcom.
Canavilhas, J. & Satuf, I. (2015). Jornalismo para Dispositivos Móveis. Livros Labcom
De Wolk, R. (2001). Introduction to online journalism. Boston: Allyn and Bacon.
Días Noci, J. (2001). La escritura digital. Servicio Editorial da UPV: Bilbao.
Días Noci J. e Aliaga R.S (org.) (2003). Manual de Redacción Ciberperiodística. Ariel: Barcelona.
Edo, C. (2002). Del papel a la pantalla: la prensa en Internet. CS Ediciones y publicaciones: Sevilla.
Fidalgo A. e Serra P. (org.) (2003). Jornalismo Online. Livros Labcom
Hall, J. (2001). OnLine Journalism: a critical primer. Pluto Press: Londres.
Herbert, J. (2000). Journalism in the Digital Age. Oxford: Focal Press.
Koch, Tom (1991). Journalism for the 21st Century. Praeger: London.
Landow, G. P. (1992). Hipertext. The convergence of contemporary critical theory and technology. Baltimore: Johns Hopkins University
Larrondo, A., Meso, K. & Tous, A. (2014). Shapping the News Online: Livros Labcom
Longhi, R. & d’Adréa C. (org) (2012). Jornalismo Convergente. Florianópolis: JORTEC – Editora Insular
López, X. & Pereira, X. (edit) (2010). Convergencia Digital: Reconfiguración de los medios de comunicación en España. SPICUSC: Santiago de Compostela.
Machado E. & Palácios M. (org) (2003). Modelos de jornalismo digital. Edições GJOL: Salvador.
Manovich, L. (2001). The Language of New Media. Massachusetts: The MIT Press.
Quadros, C. Et al (2011). Jornalismo e convergência: ensino e práticas profissionais. Livros Labcom
Paulino, R. & Rodrigues, V. (org) (2013). Jornalismo para Tablets: pesquisa e prática. Florianópolis: Editora Insular
Primo, A. (2007). Interação mediada por computador. Porto Alegre: Edit. Sulina
Rodrigues, C. (2009). Jornalismo On-Line: modos de fazer. Edit. Sulina: Rio de Janeiro.
Salaverria, R. (2005). Redacción periodística en Internet. Pamplona: EUNSA.
Scolari, C. (2004). Hacer clic: hacia una sociosemiotica de las interacciones digitales. Barcelona: Gedisa
Siapera, E. & Veglis, A. (2012). The Handbook of Global Online Journalism. W. Sussex, Wiley-Blackwell
Valcarce, D. & Álvarez M. (2004). Ciberperiodismo. Editorial Sintesis: Madrid