►J. Radiofónico

ANO LECTIVO 2012/13

OBJECTIVOS DA DISCIPLINA:
Sensibilizar os alunos para a importância da rádio como meio de comunicação de massas. Dotar os alunos de um conjunto de competências que lhes permita o ingresso na redação de uma empresa radiofónica.

PROGRAMA
1. História da Rádio: a) Evolução técnica; b) A rádio na História Universal; c) A rádio em Portugal: factos e números
2. O Futuro da Rádio: a) Distribuição para novos suportes; b) O fim das grelhas
3. O processo de comunicação em Rádio: a)Linguagem; Mensagem; Audiências
4. Escrita jornalística em rádio: a) Macroestrutura e microestrutura da notícia radiofónica; b) Os sons e suas funções; c) Os géneros jornalísticos em radio
5. Técnicas de comunicação oral: a) A locução radiofónica: princípios básicos; b) Semântica da locução e sintaxe sonora; c) Modos e formas de locução
6. Captação e tratamento digital de som
7. Apresentação e dinamização de um jornal: a) Equipa; Alinhamento; Edição; Lançamentos

AVALIAÇÃO:
1. Dada a natureza da disciplina, a avaliação terá uma forte componente prática, sendo a nota final (NF) o resultado da seguinte fórmula:
NF = 0,3 A + 0,2 B + 0,4C + 0,1D
A. Média obtida em 5 notícias individuais
B. Nota obtida na reportagem de grupo (2 alunos)
C. Nota do teste de avaliação teórico-prático
D. Participação/liderança/coordenação
2. As notícias serão produzidas e entregues durante a aula, sendo integradas no serviço informativo semanal.
3. A reportagem deverá ser entregue até à última aula.
4. O incumprimento dos pontos 2 e 3 resultará na atribuição na nota 0 (zero) a cada trabalho em falta.
5. A nota final dos alunos que se apresentem a exame será calculada com base nos critérios definidos no ponto 1, substituindo-se o item C pela nota do exame.

BIBLIOGRAFIA
Albert, P. e Tusdey, A.J. (1989). História da Rádio e da Televisão. Lisboa: Editorial Notícias.
Arnheim, R. (1980). Estética Radiofónica. Barcelona: Gustavo Gili
Balsebre, A. (1996). El Lenguage Radiofónico. Ed. Cátedra, 1996
Barbeiro, H. e Lima, P. R. (2001). Manual de Radiojornalismo. Rio de Janeiro: Editora Campus
Barea, P. e Montalvillo, R. (1992). Radio: redacción y guiones. Bilbao: Servicio Editorial da Universidad del Pais Vasco
Cebrián Herreros, M. (1995). Información Radiofónica. Mediación técnica, tratamento y programación. Madrid: Editorial Sintesis.
Cebrián Herreros, M. (2007). Modelos de Radio, Desarrollos e Innovaciones. Madrid: Frágua
Ganz, P. (1995). A Reportagem em Rádio e Televisão. Lisboa: Ed. Inquérito
Huertas A. e Perona J.J. (1999). Redacción y locución en medios audiovisuales: la radio. Barcelona: Bosch.
Keith, Michael C. (1992). Técnicas de producción en radio. Madrid : IORTV.
Lewis, Peter M. e outros (1989). The Invisible Médium. Londres: Macmillan Press.
Meditsch, E. (1999). A rádio na era da informação. Coimbra: Livraria Minerva Editora
Meneses, J. P. (2003). Tudo o que se passa na TSF … para um Livro de Estilo
Porto: Editora Jornal de Notícias.
Merayo Pérez, A. (2000), Para entender la radio. Salamanca: Ediciones Universidad Pontifícia
Ortiz, M. A. e Marchamalo, J. (1994). Técnicas de comunicación en radio. Barcelona: Paidós
Wilby, P. e Conroy, A. (1994). The Radio Handbook. Londres: Routledge